Polinutri confirma participação no SBSS

Compartilhar

Evidenciar a marca, apresentar a gama de soluções nutricionais e atualizar a equipe em um dos principais polos de produção de carne suína no mundo, a região Oeste de Santa Cantarina, estão entre os objetivos da companhia durante o Simpósio Brasil Sul de Suinocultura

Gerente da Unidade de Negócios Suinocultura, Felipe Ceolin.

Mais uma ação com objetivo de levar conteúdo técnico, atualizar o segmento, estreitar negócios em meio ao momento desafiador causado pela pandemia. Estas serão algumas das ações preparadas pela Unidade de Negócios Suinocultura Polinutri para a edição 2021 do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura. “Nosso objetivo é apoiar a classe produtiva e por meio de toda a nossa gama de soluções nutricionais participaremos deste encontro virtual, um dos mais relevantes do país”, destaca o Gerente da Unidade de Negócios Suinocultura, Felipe Ceolin.

O evento que conta com a realização do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas SC (Nucleovet, Chapecó/SC), chega a sua décima terceira edição com a missão de ser uma ferramenta de informação para suporte aos suinocultores de todo Brasil. Além disso, o evento é acompanhado pelo 12º Brasil Sul Pig Fair, espaço em que a Polinutri contará com estande virtual. “Destacaremos nosso programa de fêmeas, o Nutrimatrizes, focado em granjas de produção de leitões de alta produtividade. Também destacaremos uma solução tecnológica que ganha expressão nas granjas suinícolas, o Pigger Cream, único complemento ao aleitamento materno pronto para uso. Com ele o suinocultor passa a ter economia de tempo e mão de obra na granja. Isso porque seu alto teor de matéria seca (37,5%) leva ao máximo peso na maternidade, reduzindo a mortalidade da leitegada e, ainda, gerando maior potencial de crescimento nas fases seguintes”, destaca Felipe.

Para o líder da Unidade de Negócios Suinocultura, este formato online sugerido pela comissão organizadora vem a calhar. “Isso porque o SBSS ano a ano traz um conteúdo relevante para o setor suinícola sem deixar de lado a segurança requerida para o momento. O nosso setor é responsável por levar alimento com qualidade e segurança aos consumidores e não poderíamos colocar em risco essas premissas. Porém, esperamos que o mais breve possível, com segurança, possamos voltar a ter o contato pessoal que é tão importante para o desenvolvimento do setor”, expõe e deixa um recado: “nossa experiência nos diz que a melhor forma de ganhar o jogo frente as crises é produzindo mais com menos. Temos que focar na produtividade. Nosso time trabalha muito próximo aos produtores, de forma orientativa, baseado em fatos e dados para ajudá-los nas tomadas de decisões ‘da porteira para dentro’ e nossa participação neste evento não será diferente. Esperamos que seja mais um ano de muito sucesso, que traga conteúdo de qualidade para ajudar a impulsionar o setor, com tecnologia e produtividade”.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *