Treinamento do Sindiveg sobre defensivos agrícolas já emitiu 8,4 mil certificados

Compartilhar

A plataforma de treinamentos gratuitos do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) já recebeu mais de 9,5 mil inscrições e emitiu cerca de 8,4 mil certificados para agricultores e profissionais de agronomia de todo o Brasil. Lançado em agosto do ano passado, o site treinamentos.sindiveg.org.br já conta com três módulos sobre uso correto e seguro e sete sobre a relação entre a apicultura e a agricultura.

“O total de certificados emitidos reflete a importância que os defensivos têm para o agronegócio e para a sociedade. Para cada participante, temos a certeza de ter oferecido conteúdo de qualidade que ajudará a evitar falhas na aplicação de insumos, beneficiando a qualidade do nosso alimento, o meio ambiente, a criação de abelhas e mesmo a segurança de quem planta e de quem consome”, afirma Júlio Borges Garcia, presidente do Sindiveg.

A diretora-executiva do sindicato, Eliane Kay, explica que os defensivos são essenciais para controlar de forma eficaz os insetos, fungos e plantas daninhas que prejudicam as lavouras – problemas comuns no clima tropical brasileiro. “Essas soluções, com alta tecnologia cientificamente comprovada, auxiliam o aumento da produção alimentícia, uma demanda crescente no Brasil e no mundo.”

Foi pensando nesses benefícios que o Sindiveg desenvolveu sua plataforma de treinamentos. Um dos cursos aborda exclusivamente o uso correto e seguro de defensivos, com três módulos disponíveis: segurança na aplicação de insumos; as tecnologias de aplicação; e a prevenção e os primeiros socorros no uso de defensivos. Outros módulos já estão sendo desenvolvidos, com o apoio técnico de pesquisadores acadêmicos.

Outro treinamento disponível tem como tema “Boas práticas na relação entre agricultura e apicultura”, com sete módulos: (i) agricultura, apicultura e defensivos agrícolas; (ii) defensivos: práticas amigáveis às abelhas; (iii) boas práticas apícolas na relação com a agricultura; (iv) como aplicar defensivos sem impacto às abelhas; (v) formalização da apicultura; (vi) a importância de aprender a cuidar e proteger as abelhas; e (vii) aplicação terrestre: técnicas amigáveis às abelhas.

“O curso sobre apicultura é uma iniciativa do Colmeia Viva, um programa do Sindiveg que promove o uso correto de defensivos agrícolas para uma produção sustentável de alimentos aliado à proteção das abelhas. Queremos maximizar a proteção a elas, incentivando o diálogo entre apicultores e os agricultores, que dependem da utilização de insumos”, diz afirma Júlio Borges Garcia, presidente do Sindiveg.

Para participar do treinamento à distância, basta acessar o portal treinamentos.sindiveg.org.br e preencher os dados de cadastro. O certificado de participação é disponibilizado imediatamente após a conclusão de cada etapa – tudo gratuitamente.

Sobre o Sindiveg

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) representa a indústria de produtos para defesa vegetal no Brasil há 80 anos. Reúne 27 associadas, distribuídas pelos diversos Estados do País, o que representa aproximadamente 40% do setor. Com o objetivo de defender, proteger e fomentar o setor, o Sindiveg atua junto aos órgãos governamentais e entidades de classe da indústria e do agronegócio pelo benefício da cadeia nacional de produção de alimentos e matérias-primas. Entre suas principais atribuições estão as relações institucionais, com foco em um marco regulatório previsível, transparente e baseado em ciência, e a representação legitima do setor com base em dados econômicos e informações estatísticas. A entidade também atua fortemente para promover o uso correto e seguro, levando conhecimento e educação aos produtores e respeitando meio ambiente, leis e normas. Para mais informações, acesse http://www.sindiveg.org.br.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *