cidade

Cidade mais fria do mundo arde em chamas

Compartilhar

Sibéria: Yakutsk, cidade mais fria do mundo, arde em chamas e declara emergência.

Veja também: Misteriosa trilha achada no fundo do Oceano Atlântico

A região da Lacútia (ou república de Xaka), na Rússia, está sofrendo com nunca antes vistos incêndios florestais de grande proporção. O município de Yakutsk, conhecido como ‘a cidade mais fria do mundo’, foi tomado pela fumaça das florestas e a situação evidencia a mudança climática de forma absurda.

A cidade chega a registrar temperaturas de -60ºC  durante os períodos mais frios do ano. Agora, os incêndios que pareciam apenas se alastrar pela Europa Central e pelo Mediterrâneo parecem ter chegado de vez à Sibéria.

O governo russo, considerado um dos menos compromissados com a redução práticas danosas ao meio-ambiente, agora começa a sentir os efeitos da mudança climática.

Em 2003, Vladimir Putin se negou a assinar o protocolo de Kyoto. “Talvez a mudança climática nem seja tão ruim em um país frio como o nosso. 2 ou 3 graus a mais na temperatura média não mudariam nada! Quer dizer, gastaríamos menos em casacos de pele e nossas plantações cresceriam melhor”, disse, à época, segundo o Moscow Times.

Desde então, o governo mudou diversas vezes de opinião sobre práticas econômicas sustentáveis. Nos últimos anos, Putin tem cedido à pressão e reconhecido que os combustíveis fósseis são um grande problema para o meio-ambiente. Mas faz pouquíssimo tempo.

Agora, o governo federal sente a dor dos incêndios na Iacútia, tendo de emitir verbas para financiar o estado de emergência encontrado na região.

Incêndios ocorrem nas regiões mais ao sul da república autônoma, mas nesse ano eles chegaram de forma mais intensa e em locais mais populosos como a cidade de Yakutsk.

“Por muitos anos, a propaganda do governo russo era de que a crise climática era uma ficção e, se não fosse uma ficção, beneficiaria a Rússia, porque o país se tornaria mais quente e agradável. Agora, o governo está percebendo que é necessário mudar”, afirma o ativista do Greenpeace Russo, Alexey Yaroshenko, ao The Guardian.

Como o problema nunca foi grave, o governo russo também pouco se preocupou com a manutenção das florestas, algo crucial para reduzir os impactos de incêndios a médio e longo prazo.

As florestas de Tundra, comuns na Rússia, são facilmente suscetíveis ao fogo quando estão em períodos secos como o verão.

“Aos poucos, o povo vai começando a entender que o clima está realmente mudando e que as consequências são absolutamente catastróficas. Mas a maioria das sociedades e dos políticos está longe de compreender o tamanho verdadeiro desse problema”, completou Yaroshenko.

Yakutsk, a cidade mais fria do mundo

Yakutsk é a capital da Iacútia ou Lacútia, uma das regiões habitadas mais frias do mundo. A cidade é considerada a região urbana mais gelada do planeta. E a fama é antiga: em 1892, o município marcou −64.4 °C em seus termômetros.

A cidade não é o local mais frio de toda a Rússia, perdendo para Oymyakon, também na Iacútia. O local é considerado o mais frio permanentemente habitado por cerca de 500 pessoas. Por lá, as temperaturas já batem -67ºC.

Pois é, a mudança climática está aí. Até os lugares mais frios do planeta já sofrem com o aumento de temperaturas. Mas, por algum motivo, tem gente que quer negar.

Fonte: Hypeness. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: