Perspectiva do mercado futuro de milho e soja

Perspectiva do mercado futuro do milho e soja

Compartilhar

Perspectiva do mercado futuro de milho e soja; Preços, oferta, demanda, vendas, clima e semeadura.

Agron Home

Veja também: Custos e clima desafiam cafeicultores e citricultores

Milho: Comprador segue retraído e preços continuam em queda

O movimento de baixa continua sendo observado nos preços domésticos do milho, de acordo com informações do Cepea. De 5 a 12 de novembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) recuou 4,46%, fechando a R$ 82,75/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 12.

Compradores seguem afastados do mercado spot nacional. Do lado vendedor, alguns analisam necessidade de “fazer caixa” e outros estão mais dispostos a negociar, visando liberar espaços em armazéns para a entrada da safra verão. Além disso, as exportações seguem desaquecidas e as estimativas divulgadas na semana passada pela Conab indicaram possível boa produtividade na safra 2021/22.

Soja: Semeadura avança e clima favorece expectativa de boa safra

O cultivo da temporada 2021/22 de soja está em ritmo acelerado no Brasil, e o clima tem favorecido as lavouras, gerando expectativas de maior produtividade. Nesse cenário, segundo informações do Cepea, vendedores estão mais dispostos a negociar o restante da temporada 2020/21, liberando os armazéns para a chegada da nova safra.

Com cultivo acelerado, expectativa de maior oferta e produtores mais dispostos a negociar, os preços da oleaginosa seguiram em queda. Entre 5 e 12 de novembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá caiu 2,18%, fechando a R$ 159,17/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 12. O Indicador CEPEA/ESALQ – Paraná recuou 2,13% no mesmo comparativo, indo para R$ 156,39/sc.

Fonte: Cepea/milho e soja. Imagem principal: Depositphotos.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *