trigo

Semeadura do trigo deve se intensificar no Brasil

Compartilhar

Semeadura do trigo deve se intensificar no Brasil; Na Argentina, área com trigo pode diminuir.

Veja também: Colheita pressiona valores do arroz no Rio Grande do Sul

Agentes brasileiros estão atentos ao início da semeadura no País e, principalmente, a sinais de que a área com o cereal na Argentina pode ter ligeira redução.

Segundo colaboradores do Cepea, a possibilidade de o país vizinho – que é o maior fornecedor de trigo ao Brasil – ter menor produção somada à continuidade do conflito entre Rússia e Ucrânia, importantes players mundiais, vêm deixando agentes brasileiros em alerta.

No campo, de acordo com informações do Deral, a semeadura na região norte do Paraná ainda está abaixo de 1% da área esperada para o estado neste ano, de 1,22 milhão de hectares.

Em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, as atividades de cultivo devem ser iniciadas em maio, seguindo o Zoneamento Agrícola de Risco Climático.

Na Argentina, informações da Bolsa de Cereales indicam que a área de trigo pode somar 6,5 milhões de hectares na safra 2022/23, redução de 200 mil hectares frente à da temporada anterior. A menor área destinada ao cereal está relacionada ao aumento dos custos de produção, à melhora na margem da cevada e às políticas internas no país.

Fonte: Cepea. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: