milho

Segurar soja e vender milho derruba preços do cereal

Compartilhar

Decisão do produtor segurar soja e vender milho derruba preços do cereal.

Veja também: Melhoramento genético para desenvolver a agropecuária de forma sustentável

Mesmo com uma oferta apertada no mercado brasileiro e com o país tendo movimentação interessante de exportação, os preços do milho seguiram caindo forte nesta semana no país. A decisão de venda crescente de volumes do cereal pelo produtor vem derrubando os valores. As cotações vão caindo, com o produtor preferindo segurar a soja e vender o milho.

O consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, em sua participação no 3º SAFRAS Agri Week, evento on line e gratuito que ocorreu entre 22 e 24 de março, destacou que essa decisão de venda do produtor vem mexendo muito com o mercado. O produtor tem segurado a soja e vendido milho para fazer caixa. Por outro lado, as exportações estão ativas, e com 1,5 a 2,0 milhões de toneladas que se espera de exportações em março, abril e maio, isso pode ajudar a sustentar o mercado.

Ele comentou que a comercialização está lenta da safrinha que será colhida no segundo semestre. Se o produtor se mantiver segurando a soja, na entrada da safrinha pode haver muita oferta vindo ao mercado dependendo da decisão de venda. “Por isso, precisamos muito dessa exportação para tirar 35 a 40 milhões de toneladas”, ressaltou.

“Para o milho subir no 2º semestre, precisamos de 3 fatores: o câmbio para puxar preços nos portos, uma super quebra de safrinha e problema na safra americana”, indica. Com uma safra americana normal e safrinha dentro do normal, o segundo semestre é de pressão, sempre dependendo da importante decisão de venda do produtor. “Mas, se tivermos uma quebra da safra americana, por exemplo, os preços podem explodir”, alertou.

No balanço dos últimos sete dias, entre as quintas-feiras 17 e 24 de março, o milho em Campinas/CIF na venda caiu de R$ 109,00 para R$ 98,00 a saca, com queda de 10,1%. Na região Mogiana paulista, o cereal na venda recuou de R$ 103,00 a saca para R$ 92,00 a saca, queda de 10,7%.

Em Cascavel, no Paraná, no comparativo semanal, o preço recuou de R$ 104,00 para R$ 94,00 a saca, desvalorização de 9,6%. Em Rondonópolis, Mato Grosso, a cotação baixou de R$ 95,00 para R$ 82,00, -13,7%. Já em Erechim, Rio Grande do Sul, o valor caiu de R$ 107,00 a saca para R$ 99,00, perda de 5,8%.

Em Uberlândia, Minas Gerais, a cotação caiu de R$ 97,00 para R$ 93,00 a saca, baixa de 4,1%. Em Rio Verde, Goiás, o mercado caiu de R$ 93,00 para R$ 84,00, queda de 8,7%.

Fonte: Agência SAFRAS. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

3 thoughts on “Segurar soja e vender milho derruba preços do cereal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: