espigas de milho

EUA pressiona queda do milho em Chicago

Compartilhar

Fraca demanda pelo milho dos EUA pressiona queda em Chicago.

Agron Home

Veja também: Qual o limite de idade reprodutiva de um touro?

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços mais baixos. Em uma sessão marcada por volatilidade, o cereal perdeu força e voltou a ser pressionado pelo indicativo de fraca demanda para o cereal norte-americano.

As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2021/22, que tem início no dia 1o de setembro, ficaram em 246.600 toneladas na semana encerrada em 9 de setembro. O México liderou as compras, com 154.300 toneladas.

Para a temporada 2022/23, foram mais 2,3 mil toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 500 mil e 1 milhão toneladas, somando-se as duas temporadas. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Os contratos de milho com entrega em dezembro fecharam a US$ 5,29 1/2 por bushel, baixa de 4,00 centavos de dólar, ou 0,74%, em relação ao fechamento anterior. A posição março de 2022 fechou a sessão a US$ 5,36 3/4 por bushel, recuo de 4,00 centavos de dólar, ou 0,73%, em relação ao fechamento anterior.

—SIGA NAS REDES SOCIAIS —

Instagram: https://www.instagram.com/portalagron
Facebook: https://www.facebook.com/PortalAgron
Youtube: https://www.youtube.com/portalagron
Twitter: https://twitter.com/agrotwit
Grupo Telegram Agron pecuária: https://t.me/portalagron_pecuaria
Grupo Telegram Agricultura: https://t.me/portalagron_agricultura
Canal Telegram: https://t.me/portalagron
Site: https://www.agron.com.br
https://linktr.ee/Portalagron

Fonte: Agência SAFRAS. Imagem principal: Depositphotos.


Compartilhar

One thought on “EUA pressiona queda do milho em Chicago

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *