Indicador do algodão segue em alta com vendedor firme

Indicador do algodão segue em alta com vendedor firme

Compartilhar

Indicador do algodão segue em alta com vendedor firme. As cotações do algodão em pluma continuam em elevação, segundo apontam dados do Cepea, devido à posição firme de vendedores.

Agron Home

Veja também: Memorando de entendimento na área do algodão

Indicador do algodão segue em alta com vendedor firme

Entre 31 de março e 30 de abril, o Indicador CEPEA/ESALQ avançou 7,52% e, nos últimos sete dias (de 27 de abril a 4 de maio), 0,63%, fechando a R$ 5,2232/lp nessa terça-feira, 4, pouco abaixo do recorde nominal observado em 4 de março deste ano (de R$ 5,2251/lp).

Bons volumes das temporadas 2019/20 e 2020/21 já foram comercializados, e a expectativa é de redução na oferta da safra atual (2020/21).

Tradings passaram a ficar mais ativas no comércio nacional, pedindo preços inferiores aos de produtores, diante da menor atratividade da exportação – mesmo com o dólar operando em alto patamar, as vendas internas de algodão em pluma vêm remunerando mais que as externas.

Fonte: Cepea – http://www.cepea.esalq.usp.br

Algodão: Imea diminui previsão de produtividade para esta safra 2020/21 em MT

Rendimento deverá ficar em torno de 282,70@ por hectare, estima o instituto.

Em relatório, divulgado nesta segunda-feira (03), o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revisou para baixo a estimativa de produtividade do algodão nesta safra 2020/21 em Mato Grosso para 282,70@/ha, recuo de 0,97% em relação à previsão anterior.

A produção, de acordo com o instituto, deverá atingir 4 milhões de toneladas em caroço e 1,64 milhão de toneladas de pluma.

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *