Produtores de leite economizam até 30% com o uso de Nattimilk na dieta de bezerras

Compartilhar

Aumento dos custos dos insumos, da importação de matérias-primas e a variação do dólar estão entre os fatores que impactam diretamente o custo da produção do leite. Diante dos desafios impostos pelo momento, o produtor convive com margens cada vez mais apertadas. “A boa notícia é que há alternativas de excelente relação custo-benefício”, explica o engenheiro agrônomo, Wiliam Tabchoury.

“Há no mercado alternativas eficazes para alavancar a produtividade das fazendas, especialmente no desenvolvimento das bezerras, com redução de custos e aumento da produtividade. O uso de sucedâneos lácteos, como o Nattimilk, da Auster, proporciona inúmeros benefícios ao produtor, em especial redução de até 30% nos gastos do aleitamento ou, ainda, 3:1 na relação benefício-custo,melhorando o resultado zootécnico e econômico”, ressalta Tabchoury.

O especialista da Auster informa que “a inclusão de sucedâneo lácteo de qualidade na dieta das bezerras proporciona aumento do volume de leite disponível para comercialização, especialmente no período de formação da cota, quando ocorre maior concentração de nascimentos na propriedade e maior valor recebido pelo leite”. Wiliam Tabchoury destaca que o consumo de leite materno pelas bezerras pode aumentar o ganho de massa gorda, limitando o desenvolvimento da caixa corporal dos animais devido à elevada quantidade de gordura da composição. “Nesse caso, o uso de Nattimilk também é uma ferramenta aliada do produtor, pois aumenta a capacidade produtiva, reduz os custos com medicamentos e garante bons índices de eficiência”.

Há outras vantagens, como o aumento do volumede leite liberado para comercialização, que pode chegar a até 10% do total. “É só fazer a conta para ver o ganho econômico”, diz o especialista. “Uma bezerra toma, em média, 510 litros de leite durante o período de aleitamento (cerca de 6 litros de leite diários durante 85 dias). O custo atinge R$ 1.147,50. Com o uso do sucedâneo, o produtor tem ganhos de 20 a 30%, ou seja, economizaR$ 344,00 por bezerra desmamada na propriedade. Pelo cálculo da relação benefício-custo, a somatória do aumento da receita advinda do maior volume de leite liberado para comercialização e aumento da produção de leite da futura vaca chega a uma relação líquida de 3:1, ou seja, o ganho do produtor é 3 vezes superior ao investimento com o Nattimilk”, exemplifica.

Outro ponto fundamental para alcançar os resultados esperados é escolher um sucedâneo lácteo de qualidade. “Nattimilk tem como diferenciais o maior nível de lactose, a alta concentração de vitaminas e de minerais, além de quatro tipos de aminoácidos essenciais, acidificantes, fundamentais para a promoção da saúde intestinal e promotores de crescimento. Sua formulação potencializa o desenvolvimento das bezerras, possibilitando maior desempenho produtivo e zootécnico em comparação a bezerras criadas com o leite de vaca. O Nattimilk é o único sucedâneo lácteo do mercado desenvolvido para enfrentar os desafios da criação de bezerras em clima tropical e úmido. É só usar para comprovar a viabilidade”, assinala Tabchoury.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: